É o órgão de gestão pedagógica da Faculdade.

Composição:

António Manuel Pinto Ginjeira (Professor Associado com Agregação); (Presidente)
Maria Cristina Bettencourt Neves (Professora Auxiliar com Agregação);
Teresa Maria Beatriz Ramos Esteves Gonçalves dos Santos Albuquerque (Professora Auxiliar);
João Carlos da Silva Roque (Professor Auxiliar);
Carolina Barroso Flamino;
João Pedro Parente Geraldes Bernardino;
Sara Gerardo Pinto;
Mafalda Silveira Martins Alves da Silva.

Competência:

Compete ao Conselho Pedagógico:

a) Elaborar o seu regimento;
b) Eleger o seu Presidente;
c) Pronunciar-se sobre as orientações pedagógicas e os métodos de ensino e de avaliação;
d) Promover a realização de inquéritos regulares ao desempenho pedagógico da Faculdade e à sua análise e divulgação;
e) Promover a realização da avaliação do desempenho pedagógico dos docentes, por estes e pelos estudantes, e a sua análise e divulgação;
f) Apreciar as queixas relativas a falhas pedagógicas, e propor as providências necessárias;
g) Aprovar o regulamento de avaliação do aproveitamento dos estudantes;
h) Pronunciar-se sobre o regime de prescrições;
i) Pronunciar-se sobre a criação de ciclos de estudos e sobre os planos dos ciclos de estudos ministrados;
j) Pronunciar-se sobre a instituição de prémios escolares;
k) Pronunciar-se sobre o calendário lectivo e os mapas de exames da Faculdade;
l) Elaborar anualmente um relatório sobre a situação pedagógica da Faculdade;
m) Exercer as demais competências que lhe sejam conferidas, pela lei.

Regimento interno do conselho pedagógico da faculdade de medicina dentária da universidade de Lisboa